A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Hoje a nossa escola recebeu a visita dos Coordenadores Pedagógicos do Instituto Aliança

Hoje (23) a nossa escola recebeu os Coordenadores Pedagógicos do Instituto Aliança responsáveis pelo acompanhamento escolar das Unidades Curriculares – Projeto de Vida e Mundo do Trabalho.
Sidnei Cavalcante – Coordenador Pedagógico do Instituto Aliança e Pontes Neto – Coordenador Estadual Pedagógico do Instituto Aliança, reuniram-se com as Professoras Cirlaedna Pereira, Alana Leite e Fabiana Vera Cruz. Estas professoras ministram as disciplinas de Mundo do Trabalho e Projeto de Vida em nossa escola.
Para a Professora Cirlaedna Pereira, a mesma gosta de “quebrar um pouco com a rotina da sala de aula, onde tudo está organizado em filas de cadeiras. Ela prefere mesmo trabalhar com os alunos em outros ambientes da escola, tentando tornar o momento mais agradável e produtivo. ”
A Professora Alana Leite, ressaltou que ao ministrar estas disciplinas, percebe que o aluno se sente mais à vontade para expressar-se e também se emocionam ao falarem de suas expectativas e até mesmo sobre seu futuro escolar e pessoal.
Já para a Professora Fabiana Vera Cruz, estas disciplinas possibilitam um contato maior com os alunos ao passo que também criam um elo com as demais disciplinas do currículo da escola.

Os projetos realizados pelo Instituto Aliança estão organizados em quatro áreas temáticas e uma destas é:

“A Incidência nas Políticas de Ensino Médio, onde atua por meio da institucionalização de tecnologias educacionais voltadas para o desenvolvimento integral e integrado de adolescentes e jovens. Desenvolve e adapta essas tecnologias ao contexto das redes públicas, articulando as políticas de educação e trabalho, garantindo o princípio da universalidade com qualidade para todos os estudantes. Busca ainda influenciar as práticas educacionais no sentido de adotarem metodologias participativas e desenvolverem o protagonismo juvenil, tornando-as mais atrativas, de forma a contribuir com a melhoria dos indicadores positivos relativos à educação, a exemplo da aprovação e do desempenho; e na diminuição dos indicadores negativos, como reprovação e abandono. ”

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário! Siga o nosso Blog e veja as principais notícias da EEEP Wellington Belém de Figueiredo.