A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Professora de Geografia realiza aula de campo sobre relevo, solos e erosão

A aula de campo da disciplina de Geografia que tem como Professora Edisangela Sales aconteceu no dia 1º de Novembro. E, contou com o auxílio dos Professores Nicolau e Janaína.
Esta aula teve como principais objetivos:
- Observar a ação do intemperismo in loco;
- Elencar as mais variadas formações rochosas avistadas;
- Identificar as estruturas que formam os solos;
- Aplicar conhecimentos adquiridos em sala de aula no que concerne ao intemperismo químico, físico e biológico, aos horizontes do solo, as rochas e aos processos erosivos;
- Registrar as devidas observações.
Através deste estudo de campo foi possível observar determinados locais, fazendo uma ligação direta entre o ambiente da sala de aula (teórico) e o meio ambiente (prático). Durante a aula de campo é importante que ocorra a compreensão da observação dos fatos e fenômenos que ocorrem na natureza e dão (ou darão) origem às estruturas existentes – pois sabemos que o relevo está em constante modelação devido às ações intempéricas que são constantes – baseadas na fundamentação teórica vista em sala de aula, durante as aulas de Geografia.
A proposta desta aula de campo foi desenvolvida ao se realizar inicialmente, uma visita às formações rochosas, observando e listando os agentes intempéricos atuantes nestas formações, no município de Nova Olinda. 
Após este primeiro momento foi feito uma visitação aos locais de extração de Calcário Laminado e Gipsita, onde foi observado aspectos relacionados à formação dos solos (horizontes), os processos de degradação e a ação humana (antrópicidade) como fator determinante de diversas modificações no relevo local. A aula foi finalizada com a visita ao Museu de Paleontologia de Santana do Cariri onde foi observado a formação geológica e a origem dos fósseis da região.
Locais visitados:
- Ponte de Pedra (Nova Olinda);
- Mina de Calcário Laminado (Nova Olinda);
- Mina de Gipsita (Santana do Cariri);
- E, Museu de Paleontologia (Santana do Cariri).
FOTOS: Nicolau Neto/ Wesley Leão

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário! Siga o nosso Blog e veja as principais notícias da EEEP Wellington Belém de Figueiredo.