A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

PROJETO - UNIDADE TÉCNICA DE DEMONSTRAÇÃO (UDT): DESENVOLVIMENTO DAS POTENCIALIDADES REGIONAIS E FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR

O Agronegócio brasileiro é um dos setores da economia nacional mais importante, responsável pelo saldo da balança comercial do país. Esse setor tem apresentado expressivo crescimento no Brasil nas últimas décadas, devido à implantação de novas tecnologias que resultou na expansão da capacidade produtiva. 
A Agricultura familiar, por sua vez, merece especial destaque e é responsável pela produção de mais de 70% dos produtos que compõem a mesa do brasileiro, sendo a principal geradora de emprego e renda no meio rural (IBGE, 2006). O desenvolvimento das atividades agropecuárias gera além dos efeitos positivos para a economia do país, alguns impactos ambientais negativos. 
O grande desafio da atualidade é aliar o desenvolvimento econômico da atividade agropecuária com a sustentabilidade dos recursos naturais. Tendo em vista a importância da agricultura familiar nesse processo e seus relevantes impactos causados ao meio ambiente, o presente projeto tem por objetivo desenvolver um modelo de propriedade familiar sustentável, intitulada Unidade Técnica de Demonstração (UTD) que possa servir como base para produtores rurais.
Para desenvolvimento desse projeto, foi inicialmente realizado uma pesquisa de campo, a duas propriedades rurais no município de Altaneira-CE, onde foram aplicados questionários de diagnóstico afim de identificar quais práticas sustentáveis eram desenvolvidas dentro da propriedade e quais os principais impactos ambientais causados pelo desenvolvimento das atividades agropecuárias. 
Após esse levantamento foi elaborado então um modelo de propriedade sustentável intitulada “Unidade Técnica de Demonstração” que faz uso de diversas práticas sustentáveis de baixo custo como manejo sustentável do solo (Ações de combate a erosão, criação e manutenção das áreas de preservação permanente (APPs), cobertura verde, pastejo rotacionado, entre outros), além do uso fertilizantes naturais, uso correto e seguro de agrotóxicos no campo etc.
O projeto possibilita aos alunos integrar os conteúdos estudados em sala de aula com o ambiente prático de trabalho, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável da região, uma vez que a propriedade modelo desenvolvida, será apresentada aos produtores da agricultura familiar. Além de promover a Educação Ambiental entre alunos e produtores rurais da agricultura familiar.
As unidades Técnicas de Demonstração (UTDs), também conhecidas como propriedades modelo, são resultado de uma metodologia desenvolvida inicialmente pela Food and Agriculture Organization of de United Nations (FAO) na Indónesia, que tinha por objetivo atender - de forma grupal - aos agricultores daquele país funcionando como instrumentos para transferência de tecnologia e assistência técnica coletiva.
No Brasil, várias instituições fazem uso dessa metodologia, como é o caso da EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a Fundação Banco do Brasil, por meio do seu Projeto de Desenvolvimento Regional(DRS). 
Professora Orientadora do Projeto: Janaína Nobre.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário! Siga o nosso Blog e veja as principais notícias da EEEP Wellington Belém de Figueiredo.