A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Escritora Alda Cordeiro

Biografia da 1ª Escritora convidada para participar do Projeto Café Literário coordenado pela Professora Luciana França.

BIOGRAFIA
Alda Cordeiro de Santana, nasceu no dia 14 de Novembro de 1961, no Sítio Olho D'água município de Nova Olinda-CE, filha de José Luiz Cordeiro e Maria de Lourdes Santana.
Geógrafa pela URCA Crato-CE, especialização em Planejamento Educacional pelo UNIVERSO-RJ.
Aprovada em dois concursos de Diretores; um de Articulação Comunitária; um de Ampliação de Carga Horária; um de Coordenação Pedagógica das Escolas públicas estaduais, promovidos pela SEDUC-CE.
Aprovada na seleção de Professor Orientador do MAGISTER, URCA-CRATO-CE.
Ministrou a disciplina: “Os Fenômenos Psicossociais do Fenômeno da Violência”, no Curso de Formação de Soldados de Fileiras – Campos Sales-CE, pela UECE.
Participou do Curso de Extensão em Gestão Escolar – SEDUC -UECE-CE.
Ex-vereadora e Presidente da Assembleia Municipal Constituinte do Município de Nova Olinda-CE.
1984 – Participou do 1º movimento pelas “DIRETAS JÁ!” - Assaré-CE.
1984 – Promoveu o 1º movimento em prol da cultura novolindense fazendo um intercâmbio cultural com artistas plásticos e literatos da região do Cariri e Estados do Nordeste.
1986 – Recebeu o título de membro correspondente da Academia Petropolitana de Poesia Raul de Leoni – Rio de Janeiro.
1986 – Poesias publicadas nas antologias: Escritores Brasileiros – Crisalis Editora – Rio de Janeiro, Andanças Poéticas – Pirilampo Editora – Rio de Janeiro.
1989 – Poesias publicadas na Antologia no Mundo Encantado da Poesia – Pirilampo Editora – Rio de Janeiro.
1994 – Literatura – Categoria Contos publicados em jornais: Jornal O Povo Leitor – Fortaleza-CE: Sertanejos sem sertão, Quem é rei nunca perde a majestade, Velhice não tem preço, A confederação dos Irracionais, Revista Região – Crato-CE: A terra dos leões e Velhice – Poesia; Jornal a Voz dos Municípios – Rio de Janeiro: Maramor.
1995 – Aprovada em primeiro lugar no concurso II Prêmio Ceará de Literatura – Categoria Contos promovidos pela SECUT – Fortaleza-CE.
1996 – Publica documentário sobre Festa de Apartação – lançamento exposição do Crato-CE.
1997 – Reconhecida como Personalidade Talento da Cultura Cratense – Geo – Crato-CE.
2007 – Idealizadora do Projeto Arte é Vida envolvendo artistas plásticos e literatos com o intuito de promover a cultura novolindense.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário! Siga o nosso Blog e veja as principais notícias da EEEP Wellington Belém de Figueiredo.